Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




02/01/2019

Sua carreira em Engenharia Elétrica

A área de engenharia ocupa a quarta posição entre as profissões mais promissoras de acordo com o Instituto de Pesquisa e Economia Aplicada (IPEA). Quando comparada com outras carreiras, a engenharia está entre as que possuem um melhor custo-benefício. Além de salários atrativos, a versatilidade do profissional que se forma em engenharia possibilita que ele atue em outros segmentos paralelos à sua habilitação específica.

O índice de empregabilidade e a demanda por profissionais desta área também se destacam em relação às demais profissões. Segundo o IPEA, cerca de 90% dos engenheiros estão empregados e, até 2020, o país necessitará de 600 mil a 1,15 milhões de novos profissionais de engenharia para suprir a demanda.

Alto investimento deve elevar a procura por profissionais de Engenharia Elétrica

No setor de Engenharia Elétrica o cenário não é diferente. De acordo com o Plano Decenal de Expansão de Energia 2024, do Ministério de Minas e Energia, a estimativa é que sejam feitos investimentos de R$ 1,4 trilhão nos próximos anos em energia elétrica, petróleo, gás natural e biocombustíveis. Com isso, está prevista uma ampliação de 55% na capacidade instalada de geração de energia elétrica no país, demandando mão de obra capacitada.

O mercado de trabalho para profissionais que atuam com fontes alternativas de energia, como a eólica e a biomassa, também está crescendo no país em decorrência do aumento no consumo e da necessidade de diminuir a dependência do Brasil da energia proveniente de hidrelétricas.

A expansão do setor de telecomunicações, com a utilização de novas tecnologias e ampliação da infraestrutura, também teve como consequência o aumento na busca por engenheiros eletricistas cada vez mais especializados e atualizados.

Sobre o curso

O engenheiro eletricista é responsável por projetar e fazer manutenção em sistemas eletroeletrônicos, sistemas elétricos, motores, geradores, entre outros equipamentos industriais, podendo atuar em áreas como Energias Renováveis, Sistemas de Controle e Automação, Sistemas Elétricos de Potência, Eletrônica e Sistemas Inteligentes.

O curso de Engenharia Elétrica das Faculdades da Indústria, ofertado no campus de Londrina, procura despertar nos alunos a capacidade de adaptação e o espírito inovador para atender as demandas do mercado e a constante incorporação de tecnologias no dia a dia da profissão.

Perfil do profissional de Engenharia Elétrica

  • Gostar de Matemática, Física e Ciências Tecnológicas
  • Ser curioso e gostar de desafios
  • Ter interesse por solucionar problemas
  • Ter espírito inovador e competitivo

O que se estuda no curso de Engenharia Elétrica das Faculdades da Indústria?

  • Cálculos
  • Instalações Elétricas
  • Circuitos Elétricos e Eletrônicos
  • Automação
  • Sistemas
  • Eletrônica

As Faculdades da Indústria estão com as inscrições do vestibular abertas para quem deseja ingressar no Ensino Superior em 2019. São várias as possibilidades, conheça e se inscreva aqui!

 


Conteúdos Relacionados
 


O que faz um engenheiro de software? Conheça a profissão que está em expansão no país 
Administração: conheça o curso e o que faz o profissional formado
Será que Fabricação Mecânica é o curso certo para mim? Conheça mais sobre a profissão!