Faculdades da Indústria adotam modelo inovador de ensino

Na Jornada de Aprendizagem os estudantes são desafiados com problemas reais das empresas, promovendo maior autonomia e contato com o mercado

Transformar o ensino superior e promover um aprendizado de qualidade, conectado com as competências requeridas no mercado de trabalho. É com esse propósito que as Faculdades da Indústria, do Sistema Fiep, estão implementando a Jornada de Aprendizagem ao seu modelo de ensino. “Esse novo conceito dá mais autonomia e um senso de propósito ao aluno, que desde as primeiras aulas é envolvido em um contexto experiencial para a resolução de problemas reais”, explica Alessandra Aparecida Campos, coordenadora de educação e negócios, do Sistema Fiep.

Na Jornada de Aprendizagem, os estudantes são desafiados em todas as disciplinas ao longo de sua graduação, desenvolvendo conhecimentos epistemológicos e empíricos paralelamente. Por meio dos desafios, eles entram em contato com problemas e necessidades da indústria e participam do desenvolvimento de projetos para atender o setor industrial. Nessa metodologia, os estudantes passam por cinco etapas: Mãos na massa, Vivenciando a indústria, Trocando ideias, Hora de falar e Próximo desafio.

De acordo com Alessandra, com a Jornada o papel do professor torna-se ainda mais estratégico. “O professor assume a função de agente no processo de ensino-aprendizagem, pois tudo o que faz em suas aulas tem uma intenção pedagógica pré-definida. Assim, difere-se de metodologias tradicionais em que o professor atua apenas como um transmissor de conteúdos”, aponta.

Com o atual mercado de trabalho exigindo profissionais mais dinâmicos e com mais autonomia frente aos novos desafios, aumenta a valorização pelas competências e habilidades adquiridas durante uma graduação ou especialização. “Nosso principal objetivo é oferecer uma educação qualificada e alinhada com a demanda da indústria. Assim, conseguimos apoiar nossos alunos no decorrer do curso, garantindo maior empregabilidade e entregando às indústrias mão de obra assertiva, de qualidade”, analisa a coordenadora de educação e negócios do Sistema Fiep.

Confira os cursos ofertados pelas Faculdades da Indústria e embarque nessa jornada.