Máscaras faciais são produzidas por meio de impressão 3D nas Faculdades da Indústria de São José dos Pinhais

Equipamentos da instituição estão sendo utilizados para confeccionar itens que serão usados por profissionais da saúde no combate à COVID-19

Para contribuir no combate ao COVID-19, uma equipe das Faculdades da Indústria em São José dos Pinhais está confeccionando máscaras faciais utilizando impressoras 3D disponíveis no FABLAB da instituição, para utilização por profissionais de unidades de saúde do município. “Chegamos em um momento em que nem mesmo os fornecedores tradicionais têm esse tipo de equipamento para utilização no combate ao novo corona vírus. Por isso, é importante que o setor de inovação contribua de alguma forma e estamos fazendo a nossa parte, produzindo máscaras completas com as nossas três impressoras de alta precisão”, avalia Alessandro de Castro, gerente de unidade de negócios e diretor das Faculdades da Indústria de São José dos Pinhais.

Colaboração

A ação está sendo realizada em conjunto com indústrias instaladas no município, que uniram suas forças às Faculdades da Indústria de São José dos Pinhais para produzir as 2 mil máscaras necessárias para atender a demanda da cidade. Ao total são 9 impressoras dedicadas à produção. “Nosso trabalho começou na última segunda-feira (30) e até o dia 2 conseguimos confeccionar 200 máscaras. Estes equipamentos já estão sendo utilizados por alguns profissionais da saúde no município. No setor de inovação, nosso princípio é a colaboração. Trabalhar de forma colaborativa, em rede, fortalece muito as ações neste momento. Quando unimos as competências de empresas de grande porte, todos com o mesmo objetivo, o resultado é fantástico, e este é o formato que estamos trabalhando no município em que estamos instalados”, comenta Alessandro. As máscaras estão sendo produzidas com insumos das Faculdades, das empresas que estão participando deste projeto colaborativo e também com materiais fornecidos pela Prefeitura de São José dos Pinhais.

Além da impressão de máscaras que já está sendo feita, o diretor das Faculdades da Indústria ainda conta que estão sendo realizados outros testes na unidade, de opções que façam com que a fabricação desses itens tenha custo menor e seja mais rápida. “Estamos fazendo testes com um equipamento que se chama Vacuum Forming, no qual se coloca uma forma em uma chapa de plástico e, por meio do vácuo, a máquina faz com que a chapa ganhe o formato do molde”, explicam Iury Teixeira e Luis Felipe Ortega, técnicos das Faculdades da Indústria que estão trabalhando no projeto. Para os testes, estão sendo usados materiais já disponíveis na unidade.

Makers e empresas que queiram colaborar com a iniciativa podem entrar em contato com as Faculdades da Indústria de São José dos Pinhais pelo email fablabsjp@sistemafiep.org, telefone 41 21046888 ou WhatsApp: 41 998069772.

Impressão de suportes para máscaras em Londrina

Em Londrina, outra equipe das Faculdades da Indústria está desenvolvendo ação semelhante, confeccionando suportes para máscaras faciais, também com impressora 3D. A ação faz parte de uma iniciativa realizada em conjunto com outras entidades do município, que junto com as Faculdades da Indústria Senai já produziram cerca de 400 suportes em uma semana, somando-se todas as impressoras em funcionamento. No entanto, em breve a unidade de Londrina também deve começar a produzir máscaras completas, com insumos que devem vir por meio de uma campanha do Colégio Sesi Internacional de Londrina. 

Faculdades da Indústria no Paraná

Presentes em três cidades paranaenses (Curitiba, São José dos Pinhais e Londrina), as Faculdades da Indústria oferecem 29 opções de graduações em quatro campi (são dois em Curitiba, o Campus da Indústria e na Cidade Industrial de Curitiba). Entre os cursos ofertados, estão cursos de Licenciaturas e outras graduações na área de Engenharia, Moda, Biotecnologia, Processos Químicos, entre outros.